EDUCAÇÃO
INFANTIL
O QUE É A EDUCAÇÃO INFANTIL


Turmas atendidas: Agrupamento de 03 anos, Agrupamento de 04 anos e Agrupamento de 05 anos.

Trata-se da primeira etapa da Educação Básica, tendo como finalidade o desenvolvimento da criança até os seis anos de idade.

A partir da Constituição Federal de 1988 e com o advento da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 1996, a Educação Infantil vem registrando avanços no Brasil, sendo percebida, hoje, como uma etapa importantíssima para a formação do ser humano.

Questões como o desenvolvimento psíquico, afetivo e relacional, os valores éticos e morais, as tradições culturais, as manifestações artísticas, os conhecimentos científicos e o contexto histórico, social e econômico em que os aprendizes se inserem são relevantes nas discussões sobre o processo educacional dos mesmos.

Torna-se necessário, assim, para o encaminhamento de um trabalho de qualidade na Educação Infantil, que se mantenha um espaço destinado aos encontros com as famílias das crianças e um projeto de formação continuada de todas as pessoas que lidam com elas no cotidiano escolar.

Outro aspecto importante na construção desta qualidade é que, na perspectiva apresentada, os dados e informações contidos nos Relatórios Trimestrais das crianças devem ser cuidadosamente observados pelas famílias, porque neles há todo o registro dos conteúdos estudados, das metodologias utilizadas, dos objetivos do trabalho e o relatório de desempenho individual da criança, essencial para que possamos compreendê-la de forma integral, tanto no aspecto da cognição como das relações que ela estabelece.

 

Solicitamos, portanto, às famílias que estejam atentas à análise de algumas questões:

• Coerência entre a prática educativa da Escola e o Projeto Político-Pedagógico.

• Registro e comunicação pela Escola da prática educativa rotineira.

• Reconhecimento, pela Escola, do direito de as famílias acompanharem as vivências e produções da criança.

• Avaliação do processo de desenvolvimento da criança nos seguintes aspectos:

- construção da autonomia;

- adaptação ao ambiente natural e social;

- desenvolvimento das habilidades e competências cognitivas, sociais e afetivas;

- evolução da capacidade de expressão em linguagens plásticas, simbólicas, musicais e corporais;

- desenvolvimento da linguagem oral e escrita;

- reconhecimento da identidade própria;

- percepção das diferenças, da identidade do outro e disponibilidade para a cooperação;

- respeito às diferenças , à própria dignidade e à dignidade do outro;

- desenvolvimento da criticidade e da sensibilidade no sentido de busca por uma sociedade mais ética e por um mundo mais justo e melhor.

A partir da pertinência das observações e das intervenções das famílias, certamente conseguiremos aprimorar nossos conhecimentos e nossas ações educativas.

Afinal, juntos – Escola e Família – estaremos fortalecidos para cuidar do seu bem mais precioso: os seus filhos.

clique e baixe